Finalistas – Projeto Social – Destaques do ano de 2017 – BreakSP

PROJECT SAGAZ

Foi no interesse de promover cultura e educação, expressadas em cada um dos idealizadores.
A principio era algo que envolvia só a dança breaking em si, mas com tempo muita gente abraçou o projeto e criamos uma biblioteca e um local para reuniões e espaços para oficinas de criação (DJ, Violão e organização de eventos).
O projeto começou em Outubro de 2012.
Criadores do projeto: laisdfzb, tsudfzulu e LopesSagax

HIP HOP EDUCA

O projeto Hip Hop Educa  é um projeto onde tratamos de tais temas  ,  raciais , ecologicos , educacao corporal , , educacao social , abordamos importancia da solidariedade , trabalhos voluntarios juntamente con os alunos em comunidades  , trabalhamos com palestrantes de varios lugares do Brasil e outros país da América Latina e tambem  levamos a fora do país , fazendo Work shops e passando a ideia e novas unidades Brasil a fora  , agradecimentos a todos os país e colaboradores e aos alunos pelo carinho e dedicacao .

Facebook Oficial: https://www.facebook.com/HipHopEduca/


INTEGRAÇÃO HIP HOP

“Integração Hip Hop” é um coletivo independente constituído por jovens produtores culturais, da cidade de Paraisópolis/Minas Gerais, que tem como proposta fomentar e difundir a cultura hip hop e seus elementos.
Suas ações e atividades são elaboradas de forma colaborativa, democrática e horizontal, pautadas nos princípios: solidariedade, autogestão e colaboração; sendo aberto à propostas, ideias, parcerias, entre outros.
O Integração Hip Hop promove atividades especialmente culturais, sociais e de formação. Dentre elas: palestras, oficinas, rodas de conversa, cursos, imersões, saraus e festivais.

Facebook Oficial: https://www.facebook.com/integracaohiphop/


LOCKING PRACTICE

 Locking Practice é um projeto que surgiu em 2012, o coletivo visa difundir a dança Locking e a cultura FUNK através de aulas regulares, apresentações e eventos na região do Capão Redondo, Jardim São Luiz, Paraisópolis, Jardim Casa Blanca e bairros vizinhos. Sem ter nem um apoio ou patrocínio, o coletivo segue com ações voluntarias de seus participantes que ano após ano lutam para conseguir espaços em CEUS e Casas de Cultura para desenvolver as oficinas e trazer um pouco mais de cultura e lazer para região. Em 5 anos mais de 70 jovens já passaram pelo projeto em oficinas realizadas nos Ceus capão redondo e Casa Blanca.
No ano de 2017 o coletivo através de entrevistas e depoimentos de moradores das regiões do Capão redondo, Grajaú, Cantinho do céu, Paraisópolis, Jardim são Luiz e Parque Sto. Antônio estreio o documentário e espetáculo ComUNIDADE, trazendo para o palco um olhar mais sensível e atento para o local que moramos o ambiente que nos rodeia e como a arte é essencial para que possamos sobreviver.

Facebook Oficial: https://www.facebook.com/lockingpractice/


CLIQUE AQUI PARA VOTAR

Relacionados

Leave a Comment